Quinta-feira, 14 de Fevereiro de 2008

Feliz Dia dos Namorados, a quem de direito

" Find me here
and speak to me
I want to feel you
I need to hear you
you are the light
that's leading me
to the place

Where I find peace

Again

you are the strength
that keeps me walking
you are the hope
that keeps me trusting
you are the life
to my soul

You are my purpose
you're everything
.

 

And how can I
stand here with you
and not be moved by you?

Would you tell me
how could it be?
Any better than this yeah

 

You calm the storms
and you give me rest
you hold me in your hands
you won't let me fall
you still my heart
and you take my breath away
would you take me in
take me deeper now

 

And how can I

Stand here with you
and not be moved by you?
Would you tell me
how could it be?
Any better than this

And how can I
stand here with you
and not be moved by you?
Would you tell me
how could it be?
Any better than this

 

Cause you're all I want
you're all I need
you're everything
everything


You’re all I want
you're all I need
you're everything
everything

you're all I want
you're all I need
you're everything
everything

you're all I want
you're all I need
you're everything
everything

 

And how can I
stand here with you
and not be moved by you?
Would you tell me
how could it be?

Any better than this

And how can I
stand here with you
and not be moved by you?

Would you tell me
how could it be?
Any better than this
would you tell me
how could it be
any better than this? "


 

ao som de: " Everything" - Lifehouse
sinto-me: On a Valentine's Day
tags:

sentido por J. às 14:05
link do post | comenta | adiciona
Sexta-feira, 1 de Fevereiro de 2008

girls

O que aumenta o ego de uma mulher? O que o faz "sorrir" ? O que A faz sorrir?

Basta que alguém se lembre dela? Simplesmente pense nela..
Ofertas? Bens materiais? Presentes?
Surpresas?
Uma flor?
Um abraço do nada?
Um sorriso sincero?
Um comentário simpático de um desconhecido?
A simpatia de alguém?
A realização de um desejo?
Um gesto romântico?
Um passeio por baixo das estrelas?
Uma viagem até às estrelas?

Hum?
Cada mulher é diferente. Mas todas as mulheres adoram ser adoradas.

[ela] A ti, o que te faz sorrir?
[ele] Tu o que fazes para a fazer sorrir?
sinto-me: bem.
ao som de: " bubbly" - Colbie Caillat
tags:

sentido por J. às 14:56
link do post | comenta | adiciona
Segunda-feira, 28 de Janeiro de 2008

Amanha talvez...

Hum... foi bom! Muito bom!
Eu. Tu.               Os dois.            Só os dois.

Um domingo qualquer,
num restaurante qualquer,
e depois de uma sobremesa qualquer,
um passeio à beira rio.

Um passeio para esquecer os problemas
                        para esquecer que amanha já é segunda de novo
                        para nos lembrar como é bom andar de mão dada
                        para vermos como é bom ter alguém (TU) ao nosso lado.

Foi bom.
Quero mais.

Amanha talvez...
sinto-me: sorriso do tamanho do MUNDO!
ao som de: " so i need you " - 3 Doors Down
tags:

sentido por J. às 00:15
link do post | comenta | adiciona
Quarta-feira, 23 de Janeiro de 2008

Daughters

Já não sou uma menina.

Então porque não param de me tratar como tal?


« Onde vais? Com quem vais? Quando vais? Quando chegas? Quanto tempo demoras? Vais de carro? Porquê? » AHHHH!

 


 

Os anos passam. A menina deixa de ser a menina do papá. Deal with that! Vê! Abre os olhos! As coisas mudaram! Ela já não é uma menina. É uma mulher. Tem novos interesses, novos amigos, um amor. Quer estar com ele. Porquê  tanta pergunta?


Sempre foi assim. Sempre há-de ser assim.

Os filhos nascem, crescem e saem dos ninhos. Procuram a sua independência. Porquê tentar resistir? Porque fingir que aqui em casa não há-de ser assim?


Como conseguir a independência?

Como dizer que se quer sair de casa, morar sozinha? Gosto da segurança de uma casa cheia de pessoas, ter alguém com quem falar, alguém que faça aquelas coisas que sempre estiveram feitas para nós, mas parece que ultimamente já não penso em outra coisa senão sair... A privacidade, um cantinho só nosso. Estar à vontade. Não ter horas para jantar, almoçar, acordar, deitar... Não ter horários fixos! Liberdade!

Será isto o primeiro passo? Pensar seriamente em sair?

Existe uma idade para sair? Um momento? E como damos com ele?

Fathers be good to your daughters
Daughters will love like you do
Girls become lovers who turn into mothers
So mothers be good to your daughters too
sinto-me: ready to go ...
ao som de: " daughters " - John Mayer
tags:

sentido por J. às 18:01
link do post | comenta | adiciona
Quinta-feira, 17 de Janeiro de 2008

ajuda, precisa-se!

Como agir quando duas pessoas não gostam uma da outra?

Quando são da mesma família e não gostam uma da outra? Quando têm que morar na mesma casa e não se falam nem gostam uma da outra?


Como ficam as outras pessoas no meio desta situação? Tomar partido ou não? Tentar resolver tudo para que o ambiente melhore ou deixar a situação correr e se resolver por si, porque quanto mais se fala sobre o assunto, mais discussão gera?


O que fazer?

Ajuda, precisa-se.

sinto-me:
ao som de: " i don't love u " - My Chemical Romance
tags:

sentido por J. às 10:20
link do post | comenta | adiciona
Terça-feira, 15 de Janeiro de 2008

Eu

Como sou então ?

 

A - amiga

B - bruno nogueira lol (já me disseram que as minhas piadas eram à bruno nogueira)

C - calma (antes da tempestade)

D - doida por miminhos

E - empenhada

F - (por vezes) feliz

G - giraça

H - hum…

I - irritante, irónica

J - joaninha

L - leitora assídua

M - mazinha e má lingua

N -  “nada nada..”

O - olhos verdes

P - princesa

Q - querida

R - resmungona

S - sarcástica

T - touro

U - utópica

V - verdadeira

X - xis

Z - zzz…


 


Sou assim. Eu. De A e Zzz...


Agora já me conheces.

ao som de: " stop this train " - John Mayer
sinto-me: stop this train i wanna get of
tags:

sentido por J. às 01:12
link do post | comenta | vê quem comentou (2) | adiciona
Domingo, 13 de Janeiro de 2008

Primeiro

Nada melhor que um mau dia para ditar o começo de um blog.

Um dia bom também seria agradável mas ultimamente esses dias devem andar em greve.

 

E porquê?

Esta necessidade de comunicar. de mandar ca para fora tudo o que nos consome, tudo o que nos corta a respiração. Tudo aquilo que precisamos de dizer, de gritar ao mundo ou a alguém em particular para não explodir.

 

Mas porquê?

Um blog… um blog… Também podia ser um diário… ou um amigo.

Os diários são chatos, vazios, impessoais…

Os amigos tão longe                 em distância!

 

Para quê?

Falta-me alguém com quem partilhar sentimentos… Alguém que me entenda. Será que o “mundo” me entende?                

 

E então?

Vou experimentar!

ao som de: " silent void " - David Fonseca
sinto-me: “i wonder if you ever will"

sentido por J. às 21:08
link do post | comenta | adiciona

sou assim... já vais ver

Fevereiro 2008

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29


recentes

Feliz Dia dos Namorados, ...

girls

Amanha talvez...

Daughters

ajuda, precisa-se!

Eu

Primeiro

relembrar

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

tags

todas as tags

tags

todas as tags

SAPO Blogs

MAIS